Sobre o Curso de Zootecnia

O primeiro Curso de Zootecnia foi criado pelo Instituto Agronômico de Versalhes, na França do século XIX. No Brasil, a Zootecnia nasceu no âmbito das Ciências Agrárias, como a profissão destinada a desenvolver a produção animal, sendo conceituada como atividade indispensável ao desenvolvimento econômico-social, à subsistência e ao equilíbrio ambiental.
A profissão de Zootecnista destina-se: a produção de produtos de origem animal, de forma sustentável e lucrativa, considerando o bem estar animal, utilizando conhecimentos técnicos e práticos associados ao melhoramento genético; a nutrição e alimentação animal, a qual requer o conhecimento das relações entre animal/alimento/equilíbrio fisiológico, bem como responder pela formulação, fabricação e controle das rações para animais; planejar e executar projetos de construções rurais, formação de pastagem e produção de forrageiras, considerando o comportamento dos animais e os conhecimentos bioclimatológicos para o seu bem estar.
O curso de graduação em Zootecnia da Universidade Federal do Ceará é ofertado pelo Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Zootecnia, tendo sido criado no ano de 2000, com a primeira turma  iniciando em 2001, tem turno integral e oferta 60 vagas anuais, distribuídas em dois ingressos, com matrículas semestrais de trinta alunos.  O ingresso se dá mediante o Sistema de Seleção Unificado (SISU), além de editais de Processo de seleção para transferência de outras Instituições de ensino superior e admissão de graduados, bem como edital para Mudança de curso e as vagas preestabelecidas são determinadas com base na demanda existente e na capacidade de funcionamento do curso.