Áreas de Atuação

De acordo com a Resolução nº. 619, de 14 de dezembro de 1994, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, considerando que o zootecnista tem formação técnica especializada, formação cultural, social e econômica e que a produção animal é campo prioritário de sua atuação, especifica os campos de atividade:

  • Promoção do melhoramento dos rebanhos, abrangendo conhecimentos bioclimatológicos e genéticos para a produção de animais precoces, resistentes e de elevada produtividade;
  • Supervisão e assessoramento na inscrição de animais em sociedades de registro genealógico e em provas zootécnicas;
  • Formulação, preparação, balanceamento e controle da qualidade das rações para animais;
  • Desenvolvimento de trabalhos de nutrição que envolvam conhecimentos bioquímicos e fisiológicos que visem melhorar a produção e produtividade dos animais;
  • Elaboração, orientação e administração para execução de projetos agropecuários na área de produção animal;
  • Supervisão, planejamento e execução de pesquisas, visando gerar tecnologias e orientações à criação de animais;
  • Desenvolvimento de atividades de assistência técnica e extensão rural na área de produção animal;
  • Supervisão, assessoramento e execução de exposições e feiras agropecuárias, julgamento de animais e implantação de parque de exposições;
  • Avaliação, classificação e tipificação de carcaças;
  • Planejamento e execução de projetos de instalações zootécnicas específicos de produção animal;
  • Implantação e manejo de pastagens envolvendo o preparo, adubação e conservação do solo;
  • Administração de propriedades rurais;
  • Direção de instituições de ensino e pesquisa na área de produção animal;
  • Regência de disciplinas ligadas à produção animal no âmbito de graduação e em quaisquer níveis de ensino;
  • Desenvolvimento de atividades que visem à preservação do meio ambiente.